quinta-feira, 28 de maio de 2009

REQUERIMENTO Nº. 121/2009 - discutir sobre o aumento abusivo das tarifas que a COELCE



04-Jun-2009
Exma. Sra. Presidenta da Câmara Municipal e demais Vereadores. - REQUERIMENTO Nº. 121/2009ANTÔNIO MARCOS DE SOUZA MONTEIRO, Vereador com assento nesta Casa, no uso de suas atribuições legais, vem com o devido respeito e acatamento, requerer que depois de ouvido o Plenário na forma regimental, seja realizada uma Audiência Publica no Plenário desta Casa, no dia 02 de junho do corrente ano, para discutir sobre o aumento abusivo das tarifas que a COELCE vem cobrando dos consumidores.


Nestes Termos


Pede Deferimento,Aracati,


em 20 de maio de 2009.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÃO

Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

Como representante do povo de Aracati, no nosso exercicio parlamentar quermos estar sempre atento ao que acontece.
O que acontece de relevante, que posibilite melhoria para nossa gente manifestaremos o nosso reconhecimento.
Os assuntos que não são favoraveis à nossa cidade, nós repudiamos e trazemos para discussão e consequentemente buscamos uma solução aqui na Camara, o mais legitimo forum de discussão dos problemas da população.

Hoje Nobres Colegas e publico presente, queremos enaltecer o trabalho de 2 categorias profissionais: O EXERCITO BRASILEIRO,aqui representado pelo Sargento de Comunicação FRANCISCO ROMNEY CABRAL REIS e os AGENTES MUNICIPAIS DE ENDEMIAS, aqui representados pela DRA. SAMILE DE ANDRADE LIMA, ambos pela grande contribuição que dão a nossa cidade.

O tiro de Guerra que teve origem na cidade de Rio Grande (RS) em 1902 quando se fundou uma Sociedade de tiro ao Alvo com finalidades militares, instalou-se em Aracti em 1946 atraves da portaria nº9445, publicada no BI/BR nº 154, sendodesativado no ano de 1965, consequentemente reativado em 1969 e tornando-se a ser desativado em 1998. Alaguna deixada pela ausencia do TIRO DE GUERRA causou uma grande inquietação e uma ferida no amago da sociedade, acendendo nas autoridades constituidas a chama da luta pela sua volta, ocorrendo em 27 de fevereiro de 2007.

Quanto aos Agentes Municipais de Endemias, em numero de 51, sendo 35 efetivos, 13 prestadores de serviço e 4 servidores da funasa, são pessoas que estãoa seviço do bem estar coletivo, levando as necessarias informações a nossa população, de como se previnir das doenças.

Dentre muitas atribuições dos Agentes Municipais de Endemias estão:

Pesquisas para controle da Febre Amarela e Dengue.
Vacinação Anti-Rabica Canina e Felina.
Ações Educativas, atrves de palestras sobre Dengue, Raiva, Leptospirose,Malaria, Doença de Chagas entre outras endemias e zoonoses.

Portando Nobres Colegas, diante do exposto, solicito de todos o voto favoravel para MOÇÃO de CONGRATULAÇÃO a estes profissionais aqui presentes.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

REQUERIMENTO Nº. 112/2009 - vinda da Comissão Volante de Habilitação



04-Jun-2009
Exma. Sra. Presidenta da Câmara Municipal e demais Vereadores. - REQUERIMENTO Nº. 112/2009ANTÔNIO MARCOS DE SOUSA MONTEIRO, Vereador com assento nesta Casa, no uso de suas atribuições legais, vem com o devido respeito e acatamento, requerer que depois de ouvido o Plenário na forma regimental seja enviado oficio ao Sr. Prefeito Municipal solicitando junto ao Superintendente do DETRAN-CE Sr. João Pupo, a vinda da Comissão Volante de Habilitação para a realização de exames de habilitação no nosso Município.


Nestes Termos


Pede Deferimento,


Aracati, em 30 de abril de 2009.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

REQUERIMENTO Nº. 100/2009 - construção de uma Quadra de Esportes na Comunidade Ubaranas



02-Jun-2009
Exma. Sra. Presidenta da Câmara Municipal e demais Vereadores. - REQUERIMENTO Nº. 100/2009 ANTÔNIO MARCOS DE SOUSA MONTEIRO, Vereador com assento nesta Casa, no uso de suas atribuições legais, vem com o devido respeito e acatamento, requerer que depois de ouvido o Plenário na forma regimental seja enviado oficio à SEINFRA solicitando a construção de uma Quadra de Esportes ao lado da Igreja, .

Nestes Termos


Pede Deferimento,


Aracati, em 02 de abril de 2009.

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÃO

Como representante do povo de Aracati, no nosso exercicio parlamentar quermos estar sempre atento ao que acontece.
O que acontece de relevante, que posibilite melhoria para nossa gente manifestaremos o nosso reconhecimento.
Os assuntos que não são favoraveis à nossa cidade, nós repudiamos e trazemos para discussão e consequentemente buscamos uma solução aqui na Camara, o mais legitimo forum de discussão dos problemas da população.

Hoje Nobres Colegas e publico presente, queremos enaltecer o trabalho de 2 categorias profissionais: O EXERCITO BRASILEIRO,aqui representado pelo Sargento de Comunicação FRANCISCO ROMNEY CABRAL REIS e os AGENTES MUNICIPAIS DE ENDEMIAS, aqui representados pela DRA. SAMILE DE ANDRADE LIMA, ambos pela grande contribuição que dão a nossa cidade.

O tiro de Guerra que teve origem na cidade de Rio Grande (RS) em 1902 quando se fundou uma Sociedade de tiro ao Alvo com finalidades militares, instalou-se em Aracti em 1946 atraves da portaria nº9445, publicada no BI/BR nº 154, sendodesativado no ano de 1965, consequentemente reativado em 1969 e tornando-se a ser desativado em 1998. Alaguna deixada pela ausencia do TIRO DE GUERRA causou uma grande inquietação e uma ferida no amago da sociedade, acendendo nas autoridades constituidas a chama da luta pela sua volta, ocorrendo em 27 de fevereiro de 2007.

Quanto aos Agentes Municipais de Endemias, em numero de 51, sendo 35 efetivos, 13 prestadores de serviço e 4 servidores da funasa, são pessoas que estãoa seviço do bem estar coletivo, levando as necessarias informações a nossa população, de como se previnir das doenças.

Dentre muitas atribuições dos Agentes Municipais de Endemias estão:

Pesquisas para controle da Febre Amarela e Dengue.
Vacinação Anti-Rabica Canina e Felina.
Ações Educativas, atrves de palestras sobre Dengue, Raiva, Leptospirose,Malaria, Doença de Chagas entre outras endemias e zoonoses.

Portando Nobres Colegas, diante do exposto, solicito de todos o voto favoravel para MOÇÃO de CONGRATULAÇÃO a estes profissionais aqui presentes.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÃO 011/2009



02-Jun-2009
ANTÔNIO MARCOS DE SOUZA MONTEIRO. Vereador com assento nesta Casa, no uso de suas atribuições legais, vem com o devido respeito e acatamento, requerer que depois de ouvido o Plenário na forma regimental, seja encaminhada Moção de Congratulação ao Tiro de Guerra e aos Agentes de Endemias, parabenizando-os pelos relevantes serviços prestados aos desabrigados pela enchente.

Nestes Termos,

Pede Deferimento.

Aracati, 20 de maio de 2009.
REQUERIMENTO Nº. 099/2009 - reconstrução da estrada que liga a BR 304 a comunidade do Cor da Ubarana




Exma. Sra. Presidenta da Câmara Municipal e demais Vereadores. - REQUERIMENTO Nº. 099/2009ANTÔNIO MARCOS DE SOUSA MONTEIRO, Vereador com assento nesta Casa, no uso de suas atribuições legais, vem com o devido respeito e acatamento, requerer que depois de ouvido o Plenário na forma regimental seja enviado oficio à SEINFRA solicitando a manutenção e reconstrução da estrada que liga a BR 304 a comunidade do Córrego do Ubaranas até as imediações da Baixa do Vitorino.

Nestes Termos


Pede Deferimento,

Aracati, em 02 de abril de 2009.

MAIS NOVO CIDADÃO ARACATIENSE




Egídio Barreto, mais novo cidadão aracatiense.


Através de decreto legislativo o vereador Marcos Monteiro concebeu essa honraria, o título de cidadão aracatiense, ao advogado e professor Egídio Barreto.

Biografia do mais novo Aracatiense.
Um homem de ideias, carisma e justiça

“Foi em uma manhã de 1976 que eu saí de Lavras da Mangabeira com uma bagagem carregadíssima de sonhos para ir morar na casa do estudante, em Fortaleza. Nunca tinha saído da cidade para ir mais longe. A maior viagem que tinha feito até os 17 anos havia sido para Iguatu, que fica na mesma região. E aí, de repente eu caí na capital cearense na Casa do estudante, onde então realmente o começaria minha vida”.
Esse é o começo da história de Egídio Barreto, figura sedutora e cativante que enfrentou todas as dificuldades para realizar o sonho de ser advogado, e conseguiu.
No início o problema era adaptar-se à cidade grande, a uma casa cheia de rapazes já experientes e que já estavam integrados à dinâmica da capital, enquanto Egídio sentia-se um ingénuo garoto de 17 anos. Mas essa questão foi logo superada e, embora ainda hoje em momentos de dificuldade sonhe com a época da Casa do Estudante, o medo da novidade que Fortaleza trazia não o impediu de lutar pelo que queria.
Na época foi a Fortaleza cursar o então, segundo ano científico, isto é, a série que antecedia o ano do exame vestibular. Com uma bolsa de estudo conseguida por um amigo frequentou as aulas no Colégio São João, naquele tempo ligado à Rede Farias Brito. Fez o primeiro vestibular para matemática, para sentir como era o concurso, e foi aprovado. No semestre seguinte foi atrás do seu sonho, prestou o exame para direito, na Universidade Federal do Ceará (UFC) e na Universidade de Fortaleza (UNIFOR), passou em ambas e optou pela UFC.
Em 1986 Egídio concluiu o curso. A demora se deu porque além de estudar trabalhava para se sustentar em Fortaleza e para mandar uma ajuda para os pais em Lavras da Mangabeira. Era professor do Colégio Batista Santos Dumont, provavelmente o melhor colégio cearense da época. Lecionou a disciplina de Organização Social e Política do Brasil (OSPB) em cerca de vinte outros colégios de Fortaleza, e, escreveu dois livros das suas disciplinas: “Arquitetura do Poder” e “Heranças de Abril”.
O advogado ensinou, ainda, na UNIFOR, as disciplinas de EPB, derivada da OSPB, e a de Ciências Políticas. Orgulha-se de, na época, ter sido colega de Dimas Macedo, e Batista Lima dentre tantos outros.
Egídio foi parar em Aracati depois do que ele chama de “uma tempestade na capital”. Uma frustração amorosa e uma perseguição política foram os ventos dessa tempestade. Juntamente com outros professores, como o atual Deputado Estadual Artur Bruno, os ex-vereadores de Fortaleza Durval Ferraz e Rosa da Fonseca, Egídio Barreto invadiu a sede do sindicato dos professores em um movimento de protesto. Chegou um pouco antes da hora e acabou saindo nas capas dos jornais locais. O episódio ocasionou um boicote dos colégios fortalezenses ao seu trabalho como professor e Egídio foi forçado, devido às circunstâncias, a sair da cidade, indo parar em Aracati.
Chegando a Aracati, Egídio resolveu exercer a advocacia. Já era Bacharel em direito e tinha a licença da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Fortaleza, mas, até então, tinha se dedicado apenas às salas de aula. No município Egídio Barreto fundou em 17 de dezembro de 1997 a subsecção da OAB de Aracati, sendo atualmente presidente da mesma pela
terceira vez.
Além da advocacia e do magistério Egídio Barreto tem veia forte para a política. Motivado pela exclusão social que via desde pequeno em sua cidade natal e pelas injustiças sociais que seguiu acompanhando no decorrer dos anos, Egídio sempre foi um militante político de esquerda, como expressa nessas palavras “a luta coletiva é vencedora sobre qualquer outra”. Sua militância segue hoje dentro da classe que abraçou. Seu desejo atual é “fazer da advocacia um instrumento de luta e realização da justiça social e da igualdade entre as pessoas” e esse pensamento tem sido endossado por seus colegas que estão sempre o colocando como o coordenador desse projeto dentro da OAB Regional.
Nesse ano de 2008, Egídio Barreto tem sua agenda pautada na advocacia. Está licenciado do Partido dos Trabalhadores, ao qual é filiado, para dar atenção maior à empresa Advocacia Egídio Barreto. Juntamente com seu sócio o advogado Luciano Arruda, pretende fazer de 2008 o grande momento da empresa, mas isso não significa, como ele enfatiza, que estará alheio às questões políticas de Aracati, apenas, não pretende envolver-se de corpo e alma, como sempre faz.
Saído do interior com 17 anos e hoje, na maturidade de volta ao interior, para Egídio Barreto, Aracati lhe acolheu e trouxe imensa felicidade: “Aqui constituí família, realizei parte dos meus sonhos, e muitos sonhos são nascedouro dessa cidade. Hoje eu tenho uma família linda, minha esposa Gracielis Regina, psicanalista, duas filhas, Sara (11) e Rebeca (10), e o filho Thiago, do qual hoje me orgulho por ser um académico de direito, tendo escolhido o curso sem nenhuma interferência minha. Eu fiz daqui a minha casa e Aracati fez de mim seu filho”.

terça-feira, 19 de maio de 2009

MOÇÃO DE PESAR 08/2009



02-Jun-2009
ANTÔNIO MARCOS DE SOUZA MONTEIRO. Vereador com assento nesta Casa, no uso de suas atribuições legais, vem com o devido respeito e acatamento, requerer que depois de ouvido o Plenário na forma regimental, seja encaminhada Moção de Pesar à Família enlutada do Ilmo. Sr. Caetano Guedes Rodrigues, ex Vereador desta Casa e ex Deputado Estadual, pelo seu falecimento ocorrido no dia 17 do corrente mês, na cidade de Fortaleza - Ce.


Nestes Termos,


Pede Deferimento.Aracati,


19 de maio de 2009.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

VEREADORES DE ARACATI PARTICIPAM DO 8º FÓRUM DE PRESIDENTES DE CÂMARA E VEREADORES DO CEARÁ, EM BRASÍLIA.



A Presidente da Câmara Municipal de Aracati, MArta Bernardes, e os Vereadores Marcos Monteiro e Ricardo Sales, Participaram nos dias 11,12,13 de Maio no Auditorio do INTERLEGIS - Senado Federal, do 8º FÓRUM DE PRESIDENTES DE CÂMARA E VEREADORES DO CEARÁ, EM BRASÍLIA e 4º Encontro com a Banca Federaldo Ceará. Foram recebidos pelo Presidente da Câmara Michel Temer e pelo Presidente do Senado José Sarney.